quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Quem não tem?


Pereba, piriri, lombriga e ameba todo mundo tem. Medo de dormir, medo de cair, medo de vertigem. E como diz mais uma parte da letra da música: “problema na família quem não tem?”.

E quem é que não tem problemas na vida, não é? Enfrentamos problemas no trabalho diariamente. Na faculdade ou na escola são mais e mais problemas. Agora, problema na família é caso sério. Envolve muito sentimento, e isso faz com que algumas atitudes sejam tomadas por “obrigação”. E é aí que o negócio complica.

Em algumas famílias, é quase “normal” ver os irmãos brigando uns com os outros, filhos berrando com os pais, mas na minha opinião, é uma falta de respeito inadmissível. Já em outras famílias, um tom a mais no tratamento com os seus causa choro, desconforto e até medo.

Esses tipos diferentes de tratamento que nos fazem pensar mais de 3 vezes antes de resolver assuntos sérios como contas altas, filho que não trabalha e acorda tarde, tio que bebe, pai alcoólatra. E sem saber como agir, os problemas não se resolvem, e esses “membros-joio” se acomodam.

Temos medo de criticar parentes. Temos medo da reação. E como sabemos que é difícil receber críticas de parentes, aumenta ainda mais esse medo.

Às vezes eu queria que a família fosse como numa empresa, você tem chefes que pedem, você obedece e se seu desempenho for ruim, você é mandado embora. Exagerada? Radical? Sim. Mas que resolveria metade das nossas preocupações, ah, disso não tenho dúvidas.

Desabafo feito.

Ahá.

.Olívia.

Um comentário:

Gabi disse...

Eu já teria sido extinta da existência humana por desempenho ruim... e mais um monte de pessoas também...