terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Acredito em anjo

Ando confusa com relação à minha crença. Sou bombardeada todos os dias com tantas religiões, seitas, movimentos e filosofias que não sei o que seguir. É Chico Xavier pra cá, Jesus pra lá, Buda pra cima e Santo Daime pra baixo que prefiro não acreditar em nada. Mas eu acredito em anjos. Não aqueles com asinhas, sem sexo, com cabelos cacheados loirinhos, de olhos azuis que ficam voando por aí. Mas nesses de carne e osso, altos, baixos, de cabelos negros, ruivos, de olhos castanhos, verdes, homens, mulheres. Esses são os verdadeiros anjos das nossas vidas e a eles eu agradeço por existirem.

O primeiro anjo da minha vida eu conheci quando vim à luz. E foi esse anjo que me ensinou que não existe idade certa para ser mãe, que não é necessário nascer numa família perfeita para crescer com dignidade e a lição mais importante: se você quer, lute!

Aí apareceram outros anjos na minha vida que me ensinaram a ser o que sou. Houve aquela professora na terceira série, aquela menina da quinta série que é minha amiga até hoje, aquele mocinho no curso técnico que reza por você até hoje, aquela mocinha do grupo de oração (que sumiu) e até aquele professor do cursinho que reapareceu na sua vida graças ao Facebook.

Vim para São Paulo e me aproximei do meu anjo de 1,58 m de puro deboche (a prima Deb). E como esse anjo é especial. Mais me ouve do que fala, mas quando fala sabe o que dizer.

Tenho dois anjos malas no meu trabalho, os quais amo demais. Tenho vários anjos perdidos por aí, que não falo direto, mas os tenho em pensamento e coração. E nesse último mês, devido a um problema "x", ganhei outro anjo. Um anjo querido que passa mensagens de conforto, me dá um ombro amigo e um ótimo papo na mesa de bar.

E é assim que eu me sinto protegida, crente na vida e no amor.
Dou graças aos meus anjos, amém!

Ahá!

.Olívia.

3 comentários:

Paula disse...

Oliver,

amei o post. amei o texto. com mta sensibilidade e com mto sentido.

bjs

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Eu também acredito em anjos, Olívia. Eles vivem por perto, certeza.

Quando nos encontrarmos de novo, conto algumas histórias daquelas nesse sentido.

Beijos,

Bela - A Divorciada

Gabi disse...

"Ela acreditava em anjos e porque acreditava, eles existiam" Lispector