sexta-feira, 5 de março de 2010

Minha amada Conchas


- O que?
- Isso, sou de Conchas.
- Mas onde fica isso?

Isso fica a 2 horas da capital de São Paulo. Cidade de interior SIM!

Moro em São Paulo há 5 anos. E há cinco anos eu moro longe da cidade onde nasci, cresci e conheci meus melhores amigos, longe da minha família, longe da minha mãe, do meu irmão e do meu cachorro. Cinco anos crescendo e aprendendo ainda mais.

Vim para a cidade grande para estudar e estou fazendo isso até agora. Lá não tem faculdade, cursinho, shopping, metrô, semáforo, trânsito, Mc Donald’s. Claro que alguém que não conhece vai dizer: caracoles, essa cidade não tem nada!

E não tem mesmo. Mas sempre que posso, duas ou três vezes por mês apareço por lá, apanho o carro da mamãe e dou minhas voltas pela cidade. À noite tem a praça, claaaaro. E é lá que eu encontro meus primos, meus amigos, e meu bar preferido (na verdade é um buteco, mas é lá que eu bebo a minha geladinha, rs!)

É lá que eu passo meus reveillon’s, meus carnavais, meus aniversários e datas nada comemorativas.

Algumas pessoas me perguntam o que eu vejo de tão interessante em Conchas e porque eu vou tanto para lá. Eu digo que “amo” Conchas e ponto. Coisa de quem nasceu lá.

De todos os meus amigos, o que eu mais levei pra lá foi o Zuzu, e ele adorou. Mas é óbvio que a piada uma hora ia aparecer.

Depois de duas idas para lá ele soltou a seguinte piadinha:
- Quando vamos para uma cidade, sempre tem algo que faz aquela cidade ser especial. Bragança, por exemplo, tem a “linguiça bragantina”. Cidades mineiras têm o “pão de queijo”. E Conchas? Ah, tem álcool. As pessoas bebem demais por lá.

Pensando nisso, fiz um poema-paródia para minha cidade:

“Minha terra tem bebidas
Que eu encontro pelo bar
Os gorós que aqui bebo
Não me embebedam como as de lá”

Ahá!

.Olívia.

5 comentários:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

ZUZU!
PASSA TRABALHO PARA A MOÇA PQ O ÓCIO TÁ FODA AÍ HEIN?? CRIANDO POEMINHA EM PLENO EXPEDIENTE?!! HAHAHAHA

Conchas é mesmo o máximo! Não ter nada é ter tudo. ó!

E não há nada como beber por lá =)

beijosss

A Prima paulistana que cresceu passando as férias em Contcháaa!

Maurício disse...

Conchas Salve, Salve!

Poliana disse...

Adooooro tbm! =)

Silvinha - a de sempre disse...

Lih vc se superou nesse poema!
adorei...
to cascando o bico de dar risada aki!

bjo

SAL disse...

eu preciiiiiiiiiiso conhecer Zuzu!
e Conchas tbmmmmmmmmm!!! kkkkkk

adorei o poema!!!

bjoooo